Cachorro comendo cocô? Saiba o motivo e como resolver [COMER COCÔ NUNCA MAIS]

Cachorro comendo cocô: você já ouviu falar em coprofagia?

Se você já viu um cachorro comendo cocô… Isso mesmo, comendo cocô, você provavelmente sabe o que é, mas não sabia o nome deste problema que atinge vários doguinhos.

E neste post vou explicar para você as 3 principais causas da coprofagia canina.

O ato de ingerir fezes, apesar de ser natural para os cães, não agrada muito a nós, humanos, e normalmente não queremos que este comportamento continue. Mas como eliminá-lo ou como preveni-lo? Por que isto acontece?

Antes de falar sobre as causas, eu vou explicar um pouco sobre porque que isso acontece.

Por mais nojento e repulsivo que possa parecer, cães tem natureza coprofagica, as fezes já fazem parte do cardápio canino desde muito cedo.
Um exemplo disso são as mãezinhas caninas, que enquanto têm seus filhotes recém-nascidos, limpam o ninho, comendo as fezes dos filhotinhos, para deixar o ambiente o mais limpo e sem cheiro possível. É possível que no período pré-adolescente, que compreende do 4° ao 8° mês, os filhotes tenham comportamento coprofágico, e o simples fato dos donos ou tutores ignorarem este comportamento, é bem possível que ele desapareça quando for mais maduro.

Porém problema está em: e se o problema não desaparecer? Aí sim, a coprofagia pode ser tornar um verdadeiro tormento.

A razão para o difícil do tratamento é que a coprofagia tem 3 causas principais e nem sempre são claras. Mas vou explicar cada uma delas, para você entender e já saber como agir com cachorro comendo cocô.

Para deixar claro para meus alunos e minhas alunas do curso COMER COCÔ NUNCA MAIS, divido a primeira causa em duas:

Que é a causa CLÍNICA/NUTRICIONAL

Vermes e giárdia podem levar o filhote ou o cão adulto a ingerir as próprias fezes ou o cocô de outros animais. Pelo fato de não absorver bem os nutrientes da ração ou do alimento que é ofertado, o cão coprofago precisa “comer de novo” para se saciar, logo acaba ingerindo o cocô.

Já a questão nutricional está vinculada a três fatores que devem ser observados e corrigidos na alimentação: a qualidade, a quantidade e a forma de alimentar. Mas este tema vou deixar para um próximo vídeo!

A segunda causa da coprofagia é de ordem EMOCIONAL… Sim, este assunto é muito legal, as emoções dos animais e como os cães percebem estas sensações, e também é tema para um outro vídeo… Mas dentro das causas da coprofagia, duas emoções são muito evidentes: a ANSIEDADE e o TÉDIO!
Filhotes e cães adultos ansiosos podem vir a desenvolver a coprofagia, assim como cães tediosos também podem. Dependendo do nível da ansiedade ou da falta de ter o que fazer, isso terá consequencias – algumas bem difíceis de trabalhar – sobre o comportamento destes cães e que justamente desembocam na terceira causa, que é a COMPORTAMENTAL.

Já a causa COMPORTAMENTAL vai parecer algo meio maluco, mas não é não! Aliás, é super simples! Dentro do curso COMER COCÔ NUNCA MAIS, explico que cães coprofagos entendem o cocô como um recurso alimentar, ou seja, o cocô é uma recompensa!

Por este motivo, toda vez que o cão que come cocô consegue comer o cocô (sic), ele é recompensado e fará isso de novo, e de novo, e de novo… Por isso no treino anti-coprofagia eu mostro como ensinar o cão a ignorar o cocô e ter um novo comportamento, o que fica muito mais prático e óbvio para o dogão!!!!

Lógico que no curso COMER COCÔ NUNCA MAIS tem mais informações, com todo o treinamento e o método anti-coprofagia estruturado em um passo a passo, para que você possa aplicar com seu cão e conseguir que ele pare DEFINITIVAMENTE de comer cocô. O método anti-coprofagia desenvolvi ao longo de 15 anos trabalhando com cães que apresentam o problema de coprofagia e é um treino completo, repleto de dicas e ainda mais, para as alunas e alunos deste curso oferto o Suporte para ajudar a sanar dúvidas e melhorar a aplicação das técnicas.

Então só repasssando, neste post falei sobre as causas da coprofagia canina que são CLÍNICA/NUTRICIONAL, EMOCIONAL E COMPORTAMENTAL!

E para VOCÊ conhecer o curso COMER COCÔ NUNCA MAIS e conseguir que seu dogão pare de UMA VEZ POR TODAS de comer cocô, vou deixar aqui embaixo o botão para se inscrever no curso.

Obrigado e até a próxima!

Escreva Seu Comentário Abaixo